1ª Parte: Recrutamento Universitário

Estamos perto do início de mais uma temporada do Basquete Universitário e o Live College BR traz uma nova matéria para que você, querido leitor, entenda como funciona o sistema de recrutamento das Universidades. Toda temporada começa com novos atletas, alguns até já são monitorados por times da NBA. Muitas pessoas podem se perguntar de onde surgem tantos novos jogadores para o College, por isso vamos explicar o mais detalhadamente possível todo este processo.

É importante que se entenda que nos EUA não existe categorias de base, para que crianças sejam desenvolvidas como existe aqui no futebol brasileiro por exemplo. A responsabilidade disso nos EUA é exclusivamente das escolas e das universidades. Então sem mais delongas vamos ao que interessa e descubra como nós acompanhamos desde cedo aquele que deverá ser um astro no seu time de coração na NBA.

1- O que é a NCAA e como funciona o sistema Atlético-Estudantil do HIGH SCHOOL?

NCAA (National Collegiate Athletic Association)

A NCAA, nada mais é do que a entidade máxima que controla os esportes americanos universitários. Ela é a responsável por organizar e gerenciar competições de variados esportes entre as universidades a nível estadual e nacional. A NCAA também é quem controla todo processo de recrutamento dos novos universitários, inclusive monitorando a situação acadêmica de cada estudante-atleta.

No decorrer desta matéria irei citar diversas vezes sobre a NCAA, e por isso expliquei de modo superficial o que é exatamente a NCAA. Nas próximas semanas estaremos aqui no site explicando com mais detalhes como funciona a NCAA e outros termos do College Basketball.

Sistema Atlético-estudantil no High School

Nos EUA os esportes são de suma importância e por isso são valorizados desde cedo. Não vou aqui nesta matéria explicar as divisões que existe no sistema educacional norte americano, mas vamos mostrar como funciona o sistema esportivo no HIGH SCHOOL (o equivalente ao ensino médio aqui no Brasil) e suas regras para que alunos possam ser recrutados por universidades.

No High School, o aluno precisa estudar por quatro anos até se formar. Nos EUA o ano letivo tem início no OUTONO (Setembro) e termina no início do VERÃO (Junho). Também é importante citar que a cada ano letivo possui um nome diferente, com o intuito de facilitar a identificação do grau em que o aluno está cursando.

Veja a Tabela:

Primeiro ano FRESHMAN (calouro)
Segundo ano SOPHOMORE
Terceiro ano JUNIOR
Quarto ano SENIOR (Veterano)

Desde antes do High School os futuros atletas já praticam esportes, porém é apenas no High School que eles começam a ganhar notoriedade. É importante citar que além da NCAA, cada escola também é responsável por monitorar as notas de seus estudantes-atletas. Alunos com notas baixas não podem participar dos times na escola e também são proibidos de participar de campeonatos estaduais no High School, além de não poder ter acesso a universidades.

É no ano de Freshman que surgem as primeiras ofertas de bolsas estudantis de universidades. Também neste ano surgem os primeiros rankings de classificação dos melhores atletas de acordo com o seu esporte, que será explicado melhor nos próximos tópicos.

2- Processo de Recrutamento

Como disse anteriormente, o processo de recrutamento se inicia normalmente no primeiro ano letivo do colegial, por muitas vezes pode acontecer de alguns alunos chegarem ao High School, já possuindo ofertas de universidades. Esta foi a forma encontrada por treinadores de universidades menores conseguirem vencer a concorrência com universidades mais tradicionais e importantes.

Foi neste momento que a NCAA resolveu criar regras específicas, com a intenção de coibir os treinadores a não atrapalharem a concentração e o foco dos alunos nos estudos. Então a partir deste momento vou explicar que regras são essas e como funciona o mundo do recrutamento universitário.

Antes de começar a explicar estas regras, vale lembrar que a NCAA estipulou regras que variam de acordo com os esportes. Por este motivo, vou me ater em detalhar com a maior clareza possível apenas sobre o BASQUETE.

Etapas do Recrutamento

A NCAA dividiu o processo de recrutamento em quatro fases. Todas elas estão presentes desde o ano de FRESHMAN, e cada etapa compreende um período do ano, podendo variar nos quatro anos de High School.

Veja a seguir:

  • Período de Contato: Este é o primeiro momento em que os técnicos podem conhecer os futuros atletas. Durante esta fase os atletas podem receber cartas e telefonemas e os melhores costumam receber suas primeiras ofertas de Bolsas De Estudos. No caso do Basquete especificamente também podem receber os treinadores ou representantes das universidades em casa ou na escola. Este período está entre os meses de Julho e Setembro. No ano de Sênior esse período pode acontecer outra vez no mês de Outubro.
  • Período de Avaliação: Na avaliação os técnicos universitários podem fazer visitas as escolas para avaliarem a qualidade acadêmica e esportiva dos atletas. É neste período que muitos outros atletas costumam receber suas ofertas de Bolsas De Estudos. Os técnicos não podem ter nenhum contato pessoal com os atletas, mas ainda é permitida a comunicação via cartas e telefonemas. Ofertas para bolsas de estudos costumam chegar por CARTA, e isso tudo pode acontecer de Outubro a Maio. É durante este período que acontecem alguns dos principais torneios do país denominados AAU. Esses torneios são utilizados pelos treinadores para avaliarem melhor a qualidade no jogo de vários prospectos de uma só vez.
  • Período de Silêncio: Durante este período é permitido aos atletas visitar universidades, mas não é permitido que o treinador visite o aluno ou se encontre com ele fora do campus da universidade. Existem outras normas especificas para as visitas, e eu vou explicá-las no próximo tópico. Este período acontece nos meses de Setembro, Outubro, Dezembro e Janeiro.
  • Período Morto: Neste período não pode haver visitas de ambas as partes, mas ainda é permitido cartas. A explicação é bastante lógica, pois esse período está exatamente no final do ano letivo, logo um período importante para os estudantes que devem se preocupar unicamente com suas notas e com provas. Este período é compreendido entre Maio e Junho.
Períodos do Recrutamento Meses em que são Permitidos
Período de Contato Julho a Setembro/ Outubro
Período de Avaliação Outubro a Maio
Período de Silêncio Setembro e Outubro / Dezembro e Janeiro
Período Morto Maio e Junho
 3- Visitas OFICIAIS e NÃO OFICIAIS 

Existem dois tipos de visitas que podem acontecer durante o recrutamento e são elas:

Visita Oficial: Durante o recrutamento é normal que o estudante receba convite para visitar o campus universitário. A NCAA permite que cada estudante faça até cinco visitas oficiais a partir do seu ano Senior, sendo as universidades responsáveis pelos custos das visitas oficiais. Mas existem algumas obrigações e restrições, veja:

  • O estudante deve enviar seu histórico escolar e suas notas nos exames SAT e ACT (É o equivalente ao ENEM no Brasil) para a universidade que deseja visitar.
  • Há autorização para cinco viagens OFICIAIS com todas as despesas pagas, não podendo utilizar duas viagens em uma mesma universidade.
  • A visita não pode exceder 48 horas.
  • A universidade é proibida de dar presentes ou lembranças ao estudante.
  • A universidade não pode conceder assentos especiais aos recrutas em eventos esportivos.

Visita Não oficial: Além das cinco visitas oficiais, os estudantes são liberados para fazer outras visitas de forma extraoficial. Neste caso as universidades não podem pagar pelas viagens, e sendo assim o estudante teria de custear toda a visita. Normalmente essas viagens são usadas pelos estudantes para conhecer as universidades mais próximas de sua residência, utilizando assim as visitas oficiais para conhecer as universidades mais distantes.

4- Compromisso Verbal

Verbal Commit é o momento mais aguardado por fãs e treinadores de universidades. Esse é o momento em que um estudante-atleta se compromete verbalmente com alguma universidade, mas não assina nenhum documento. Existem várias maneiras de anunciar o compromisso como por exemplo redes sociais e em rede nacional pela TV.

Esta etapa pode acontecer a qualquer momento durante o processo de recrutamento, até mesmo no ano de Freshman. Também pode ser desfeito a qualquer instante, se o estudante-atleta entender que fez uma escolha errada. Em caso de um compromisso verbal, o atleta ainda pode continuar a ser recrutado por outras universidades e até mesmo fazer suas visitas, mas não é o mais comum de se acontecer.

Ficou curioso para saber como é feito o Compromisso? Então veja como foi esse grande dia para Luke Kennard, hoje no Detroit Pistons.

5- Bolsas de Estudos

Muitas vezes podemos achar estranho um estudante-atleta que, possuindo ofertas de grandes universidades, opte por escolher uma universidade menor ou menos tradicional. A explicação para isso pode estar nas bolsas de estudo. Existem três tipos de Bolsas de estudos que podem ser oferecidas. Veja:

  • Bolsa Integral: É o tipo de bolsa oferecida para os melhores estudantes-atletas, seja pelo desempenho acadêmico ou esportivo. Ela cobre todos os custos do curso e ainda provêm alguma ajuda para que o estudante-atleta se mantenha na Universidade.
  • Bolsa Parcial: Esse tipo de Bolsa de Estudos é oferecida para atletas medianos e que não tenham um desempenho acadêmico muito bom. A Bolsa Parcial cobre apenas metade do valor do curso, portanto o atleta tem que cobrir o resto do curso com sua própria renda.
  • Bolsa Anual: Essa bolsa pode ser oferecida a alguns estudantes apenas por um ano, podendo ser renovada se a universidade quiser. O estudante-atleta torna-se responsável por todos os custos se a Universidade não renovar a validade da bolsa de estudos.

Lembramos que, algumas universidades podem fazer um simples convite para que o futuro atleta faça parte do time. Nesses casos o atleta pode esperar até receber uma oferta de bolsa de estudos de outra universidade, ou aceita pagar pelo curso e jogar pela universidade preferida mesmo não tendo recebido uma bolsa de estudos.

Então se um atleta tem ofertas de Duke, Arizona, Kentucky, e Temple, e no fim do recrutamento escolhe uma universidade sem nenhuma tradição como Temple, pode ser que tenham a ver com os tipos de bolsas de estudos e cursos oferecidos pelas grandes universidades.

6- CARTA NACIONAL DE INTENÇÃO (NLI)

Após o compromisso verbal, o atleta está apto a assinar a carta nacional de intenção. A NLI nada mais é do que um compromisso oficial entre estudante e Universidade, em que o atleta assina um documento afirmando que daquele momento em diante não poderá mais ser recrutado por outras universidades, e em contra partida a universidade se compromete a ajudar o estudante-atleta financeiramente por pelo menos um ano.

A ajuda financeira em questão, diz respeito à alimentação, transporte e material estudantil para que o aluno se mantenha na universidade sem ter nenhum gasto excessivo. De maneira nenhuma o atleta pode receber salário ou qualquer tipo de bonificação. Se isso acontecer a NCAA pode punir a universidade e o atleta. A assinatura da NLI encerra oficialmente o recrutamento do estudante-atleta, e se houver uma quebra de compromisso, o atleta perde a elegibilidade. Falarei sobre a elegibilidade logo mais.

Existem dois períodos do ano em que é permitida a assinatura da carta de intenção, veja:

  • Período de assinatura inicial: Este é a primeira oportunidade para se assinar a NLI com alguma universidade, o momento é utilizado costumeiramente por atletas que já tenham se comprometido com alguma universidade anteriormente. Há muitos estudantes que costumam anunciar o compromisso verbal e assinar a NLI neste mesmo dia. Este período está entre as datas de nove e dezesseis de Novembro.
  • Período de assinatura regular: Este é o período mais tradicional para a assinatura da NLI, e normalmente é usado por estudantes que ainda não possuem um compromisso com alguma universidade, ou por algum estudante que se comprometeu depois do primeiro período de assinatura da NLI. Este período tem duração de pouco mais de um mês e vai de doze de Abril a dezessete de Maio.
7- ELEGIBILIDADE

Elegibilidade é uma permissão para participar de esportes universitários. Ela é concedida no momento em que o atleta assina a NLI, dando ao atleta o direito de ser elegível para praticar o esporte por quatro anos na faculdade. Essa elegibilidade pode ser perdida em caso de notas baixas no High School ou em caso de faltas excessivas em seu último ano de estudos. Pode acontecer também se um estudante-atleta tiver recebido algum tipo de premiação em dinheiro ou salários por praticar esportes antes de entrar para a faculdade.

Existem casos em que a bolsa só é concedida alguns dias antes do inicio da temporada do college, ou as vezes ela nem é concedida, forçando o atleta a ficar por um ano sem atuar na universidade. Os motivos podem ser vários, mas os principais são sempre as notas e disciplinas pendentes no High School.

8- SCOUTS E RANKINGS DE ATLETAS NO HIGH SCHOOL

SCOUTS

Os Scouts são profissionais que atuam na cobertura de esportes no High School gravando vídeos e fazendo análises precisas de cada característica dos atletas. Existem grandes Scouts que acompanham diariamente em todo o país cada atleta desde seu ano de Freshman até seu ano Senior, sempre colocando novas análises e fazendo assim com que o trabalho de muitos jornalistas seja facilitado.

Rankings

É a partir dos anos de Freshman e Sophomore que são feitos os primeiros rankings com os futuros atletas universitários. Os rankings são feitos por jornalistas e analistas que representam sites conhecidos com base nas análises dos Scouts. Os rankings classificam atletas com numero de estrelas que vai de 1 a 5. Quanto mais estrelas, mais elevado é seu nível técnico e físico. É sempre bom lembrar que rankings nem sempre são certeiros, mas é um bom método para analisar alguns dos melhores prospectos.

Como exemplo de que os rankings nem sempre indicam de fato quem são os melhores, é só lembrarmos do MVP unânime da última temporada na NBA, Stephen Curry, que foi classificado com apenas três estrelas e sequer foi nomeado entre os 100 melhores no site mais conhecido de ranqueamento, a ESPN. Russell Westbrook também não foi muito bem avaliado em seu ranqueamento ficando com três estrelas. Mas também lembramos que Kevin Love e Anthony Davis estiveram no topo destas listas em seus respectivos anos.

Veja alguns do principais rankings da classe de 2017:

ESPN

247SPORTS

SCOUT