Conheça os novos calouros de North Carolina para a temporada 2018/19

Depois de ser vice-campeã em 2016 e vencer o titulo nacional em 2017, North Carolina entra na fase de reconstrução da equipe e com a saída das grandes estrelas da equipe, o treinador Roy Williams resolveu “apelar” para o recrutamento de alguns dos melhores atletas do High School, algo não muito comum em Chapel Hill, já que a universidade tem como tradição trabalhar os jovens e apostar na evolução dos mesmos.

Para essa temporada, UNC terá o retorno de Luke Maye, um dos melhores atletas na temporada passada na NCAA e um dos candidatos a vários prêmios nessa temporada. Além de Maye, a equipe também terá o retorno de Kenny Williams e Cameron Johnson, outros dois jogadores experiente e que darão suporte aos jovens. Essa equipe promete ser uma das melhores para a próxima temporada e quem sabe tentar vencer um titulo nacional novamente.

Confira abaixo a matéria completa e ao vídeo em que Italo Vieira e Rodrigo Lazarini detalham um pouco mais de cada um dos novos calouros como pontos fortes e fracos, curiosidades e muito mais.

Nassir Little: Top 5 do próximo DRAFT?

Little é um ala de 2,01 metros, natural de Orange Park, Flórida. Durante sua terceira temporada no High School, Little teve uma espantosa evolução física e técnica que o alçou ao top 5 de quase todos os rankings. Com o hype crescendo, o número de ofertas cresceu na mesma proporção. Durante seu último ano de high school, se Little se comprometeu com North Carolina, sendo selecionado para quase todos os eventos All-American dos EUA. Nos mais famosos, jogou muito bem, vencendo o prêmio de MVP nos mais famosos: McDonald’s All-American e no Jordan Brand Classic.

Little possui uma rara combinação de tamanho, comprimento e capacidade atlética. Com uma envergadura de quase 2,15 metros e uma mobilidade fantástica, é quase impossível para-lo no um contra um. Ele pode jogar no post, pode arremessar após o drible, e seu jump shot melhorou imensamente no último ano. Se Little conseguir consistência nos arremessos em North Carolina, ele será um pesadelo para qualquer defensor.

Cotado como Top-5 no próximo Draft, Little deverá ser um dos melhores calouros da ACC

Coby White: Combo Guard 5 estrelas chegando em Chapel Hill

Com 1,93 de altura, White é um combo guard com características muito diferentes do armadores que North Carolina teve nos últimos anos.  No High School, White fazia de tudo ofensivamente e se acostumou a jogar com a bola nas mãos. Ele não terá a mesma liberdade em North Carolina e talvez precise se tornar um pouco mais passador do que foi no Fiba América sub-18, disputado recentemente no Canadá por exemplo.

Ele tem um talento especial para encontrar um companheiro aberto. Com a bola em suas mãos é um verdadeiro pesadelo para os adversários. Ele possui uma velocidade explosiva e uma capacidade impecável para terminar com contato ao redor do aro. Ele se destaca nos arremessos após o drible e é bom em criar seu próprio arremesso. Simplificando, White sabe como colocar a bola na cesta.

White foi um dos destaques dos EUA durante o torneio sub-18 da Fiba

Rechon Black: Diamante bruto para ser lapidado por Roy Williams

Rechon “Leaky” Black. Black, um recém-chegado, foi um pouco ofuscado pelos colegas calouros Nassir Little e Coby White, ambos All-Americans e consensuais recrutas cinco estrelas. Ainda assim, Black traz uma habilidade única para North Carolina e há muitos motivos para se animar com sua chegada.

Com 2,01 de altura, Black é listado pela maioria dos scouts como um ala, porém, no ensino médio, ele atuou como armador durante seus quatro anos, e o sentimento de quem o viu em quadra é que ele continuará jogando assim no nível universitário. Deduzindo que Black atue nessa posição, ele terá uma vantagem clara em relação aos outros candidatos, ou a qualquer armador universitário: a altura. Não só isso, a visão de jogo é acima da média e sua habilidades de manipulação de bola é muito boa para alguém da sua idade e altura. Black deverá ser um atleta de quatro anos na universidade, mas tem potencial de ser um dos grandes atletas da universidade pelos próximos anos.

Armador no corpo de um ALA: Esse é Rechon Black