NCAA anuncia mudança de regra e irá permitir que atletas retornem para as Universidades caso não sejam selecionados no Draft

A NCAA anunciou nesta quarta-feira (08) uma importante alteração em suas regras, que irá permitir o retorno de jogadores para as Universidades caso se inscrevam no Draft da NBA e não sejam selecionados.

A nova regra inclui que jogadores que participarem do Draft da NBA possam retornar ao College e continuarem elegíveis para jogar.

“Os atletas precisarão notificar o Diretor Atlético da sua (respectiva) Universidade na intenção de retornar. Os jogadores têm até às 17 horas da segunda-feira pós Draft para avisarem.”

Esta regra vai substituir a atual, que permitia que os jogadores permanecessem elegíveis, somente se retirassem o nome até 10 dias após o Combine da NBA.

Antes dessa nova regra ser aprovada, jogadores que não retiravam o nome do Draft e não eram selecionados por equipes da NBA, não podiam retornar ao College e eram obrigados a iniciarem carreiras profissionais.

Um adendo interessante nesta nova regra é que jogadores que atuam no último ano do High School poderão fazer mais visitas oficiais nas Universidades, e jogadores que são considerados “elites – 5 estrelas” estarão autorizados a contratar agentes para ajuda-los em todo esse processo de recrutamento.

Possível Mudança na Idade do Draft

No mês passado, o comissário da NBA, Adam Silver, disse que a Liga deverá mudar a sua regra de idade mínima para elegibilidade. É esperado que está regra comece a valer a partir do Draft de 2021, mas até o momento nada oficial foi decretado.

A idade mínima atual para entrar na NBA é de 19 anos, com isso os jogadores precisam esperar pelo menos um ano após a formação do High School, seja jogando no College ou profissionalmente em alguma Liga do mundo.